Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

O gato de pernas curtas

    Esse é considerado o único animal com essa característica. Suas pernas apresentam cerca de um terço do tamanho normal de um gato. Ganhou inclusive o apelido de gato basset pelas semelhanças com a raça de cachorro que possui as mesmas peculiaridades que esse felino com patas curtas e costas compridas.
    Ele é bastante indicado para a vida em apartamento. Alguns criadores apontam que as pernas curtas dificultam o animal em pular de janelas e sacadas, fazendo com que ele possa ser criado com maior segurança. Apesar das patas curtinhas, eles conseguem correr e pular da mesma forma que outras raças, porém, não pulam tão alto quanto outros bichos.
    Tem um temperamento dócil e brincalhão, não dispensando nenhuma brincadeira. Alguns exemplares dessa raça podem apresentar desarmonia com o formato da cabeça em relação ao corpo. Além disso, podem sofrer com as pernas curvadas.
    São encontrados em diversas variedades de cores. Apresentam porte médio e são animais bem mais leves que os de outras raças, pesam em média entre 2 a 4 quilos.
    Quando esse animal tenta ver ou pegar alguma coisa que está fora de seu alcance, é comum vê-lo sentado nas patas traseiras e deixando as dianteiras levantadas, da mesma forma como faz um coelho, hamster e o canguru.


História:

    Essa raça é tida como nova, apesar de gatos com patas curtas terem sido vistos desde as décadas de 30 na Inglaterra e de 50 na antiga União Soviética, seus estudos desapareceram após a Segunda Guerra Mundial.
    Porém, apenas recentemente no início da década de 80 em  Louisiana, nos Estados Unidos, que os Munchkin começaram a ser observados com maior atenção.
    Vendo que duas gatas estavam sendo perseguidas por um Pitt Bull, a professora Sandra Hochenedel levou-as para casa e cuidou delas. Percebeu que além de estarem grávidas, as duas apresentavam pernas muito curtas, bem diferente de outros animais. A raça ainda é considerada um acaso da natureza sem saber exatamente a sua real origem.

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000/2002 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1