Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Spitz, nórdico milenar

O Spitz da Lapônia é considerado um cão sueco e, embora seja muito semelhante ao Spitz Finlandês, a Federação Cinológica Internacional (FCI) o reconhece como raça distinta. Assim, é uma das mais antigas do mundo, tendo mais de 7.000 anos.
Provável ancestral de todos os cães tipo spitz, sua descendência mais correta seria do cão de Varanger, antiga raça que habitava a região da Lapônia.
Apesar de ser uma raça muito antiga – e que já atuava na tração de trenós, no pastoreio e na guarda de rebanhos de renas e de gado para o povo Lapão há séculos – só foi reconhecida oficialmente em 1944.
O Spitz da Lapônia é muito resistente ao clima, alerta e corajoso. É desconfiado com estranhos e um bom cão de guarda. Devido ao temperamento afetuoso, paciente e ativo, é excelente companhia para crianças e fiel à família.
Inteligente e muito capaz de aprender, seu dono deve ser paciente e firme para educá-lo. Afinal, além de ser treinado como cão militar em alguns países, também se destaca em Agility.
Não é um animal para espaços pequenos, pois precisa de exercícios freqüentes e aconchego para se movimentar. Deve ter o pêlo escovado com freqüência, para mantê-lo desembaraçado e livre de pêlos mortos.
Para quem desconhece, a Lapônia é uma região selvagem, próxima ao Ártico, habitat das renas e dos lemingues, e que engloba áreas da Finlândia, Suécia, Noruega e Rússia.

 

Voltar

 

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1