Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Um cão inteligente, obediente e feliz

Como são poucas as ninhadas nascidas anualmente da raça Mudi, existe um grupo de entusiastas que saem a procura de bons exemplares em vilas e sítios de pastores.

Esses cães, depois de testados em provas de trabalho, podem receber o pedigree "B" dos Mudis, isto é um pedigree aberto. Isso aumenta geneticamente o tronco da raça, já que os Mudis de pedigree "A" (pedigree fechado), estão muito relacionados entre si, dificultando a escolha do parceiro ideal para o acasalamento.

Felizmente a raça vem preservando suas habilidades para o trabalho. Praticamente todos os donos de Mudis, mesmo só por hobby, inscrevem seus cães em cursos de pastoreio e de agility.

O Mudi, além de pastor, é utilizado como caçador de javalis, guarda em fazendas e como cão de companhia. Ele é inteligente, obediente, feliz, às vezes um pouco barulhento, mas um excelente companheiro em casa e afetivo com as crianças.

A pelagem é longa, densa, ondulada, formando tufos.

A cor pode ser preto ou branco, mas atualmente em exposições especializadas, cães com cor castanho, azul merle e cinza são cada vez mais vistos.

Na aparência geral o Mudi é um cão de porte médio, de tronco curto, cabeça estreita e alongada, com stop acentuado.

As orelhas são triangulares e retas e a cauda é portada baixa, podendo ser ou não amputada.

Origem e História

Até aproximadamente 1930, todos os cães pastores da Hungria eram classificados juntos, como uma mesma raça. Apenas a partir desta data o Mudi foi separado do Puli e do Pumi.

A raça é verdadeiramente uma das mais raras, sendo que até pouco tempo atrás o total de registros estava em torno de 300. Ele é o mais desconhecido entre os cães de origem húngara, tanto dentro como fora do seu país, talvez em parte devido a sua origem indefinida e sua aparência rústica. É provável que sem a intervenção de criadores muito dedicados, a raça hoje estaria muito próxima da extinção.

Sua conformação foi estabelecida no começo do século XX, e o padrão foi então redigido segundo essas características. Existem hoje na Hungria dois clubes que fomentam a raça, o Dezso Fenyes Mudi e o Clube Húngaro do Puli - Pumi - Mudi. São muitos os amigos do Mudi que vêm trabalhando em ambos os clubes visando sua perpetuação.

Copyright© 2003 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1