Página Inicial

 

 
PET'S SHOP
FAÇA SUA LOJA
PET ID
ADOTE UM PET
ACHADOS  PERDIDOS
PET MATRIMONIAL
PET TRAVEL
EVENTOS
CLUBE PETFRIENDS
PET'S E FAMOSOS
EXÓTICOS CURIOSOS
CONTOS  HISTORIAS
OPINIÕES PET'S
CAMPEÕES 
TV PET FRIENDS
ENCONTROS
ASTROLOGIA
CONSULTA ON-LINE
MUNDO VETERINÁRIO
FÓRUM
ONDE ESTAMOS
CHAT VET
FAÇA SEU SITE
CÃES
GATOS
PEIXES
AVES
RÉPTEIS
OUTROS
POSTAIS ON-LINE
JOGOS
PET'S FAMOSOS
PARA COLORIR

Australian Cattle Dog
ciumento e protetor

Cão pastor, robusto e compacto, o Australian Cattle Dog, como o nome diz, é da Austrália. A espécie foi criada para conduzir rebanhos em longas e perigosas jornadas, até o mercado, em função de suas principais qualidades: determinação, resistência, perseverança e versatilidade.
Diante disso, a beleza de sua pelagem não é o seu ponto forte, pois o que se destaca é o potencial do seu trabalho, o apego ao seu proprietário e sua longevidade, podendo chegar aos 29 anos! De temperamento calmo, fica incomodado quando sente perigo em relação ao seu dono e ao ambiente em que vive.
A inteligência é outra característica da raça. Sua facilidade em aprender rapidamente os comandos complexos o torna confiável para trabalhar em fazendas e áreas relativamente grandes.
Apesar de muito utilizado nas fazendas dos Estados Unidos, Austrália e Canadá, o Australian Cattle Dog é praticamente desconhecido no Brasil.
Por seu temperamento, não suporta solidão ou a vida isolada em um quintal, necessitando de contato constante com pessoas. Caso não tenham essa oportunidade, podem desenvolver problemas de comportamento.
Extremamente sadio, o Australian Cattle Dog pode enfrentar problemas como a surdez congênita, atrofia progressiva da retina e luxações na patela, de acordo com o avanço da idade.
Acredita-se que seu desenvolvimento aconteceu a partir da colonização inglesa na Austrália. Durante a imigração, os ingleses levaram seus cães que tinham grande habilidade no pastoreio nas ilhas britânicas para um ambiente totalmente diferente, o deserto australiano.
Diante da dificuldade da adaptação dos cães ingleses, os fazendeiros iniciaram o processo de acasalamento com os cães nativos. As tentativas, contudo, falharam; e somente em 1840, após a ida de um casal Blue Smooth Highland Collies e seu acasalamento com o Dingo nativo, é que houve resultados positivos.
No final da década de 60, a raça foi reconhecida pelo Australian Kennel Club, no grupo dos Miscelaneous; e, com esforço dos criadores, em 1980 foi plenamente estabelecida.

 

Voltar

inicio l quem somos l cadastre-se l contato
Copyright© 2000 PetFriends. Todos direitos reservados. All rights reserved
1